Oficina CEER
 23-03-2012
PERITOS DE 14 PAÍSES DISCUTEM DICOTOMIA ESQUERDA/DIREITA

UMinho recebe politólogos, historiadores, filósofos e economistas para analisar universalidade da dicotomia.

Meia centena de oradores de 14 países discute esta sexta-feira e sábado, na Universidade do Minho, o porquê da dicotomia Esquerda/Direita ser tão universal e resistente na sociedade. A “Conference on Left and Right - The Great Dichotomy Revisited” é promovida pelo Centro de Estudos Humanísticos da UMinho (CEHUM) e decorre no Auditório do Instituto de Letras e Ciências Humanas, no campus de Gualtar, Braga.

A sessão de abertura conta às 9h30 com Ángel Rivero, da Universidade Autónoma de Madrid, Ana Gabriela Macedo, diretora do CEHUM, e Ana Rita Ferreira, das universidades do Minho e Católica. A palestra inaugural, "Left and Right: Critical Junctures", está a cargo de João Cardoso Rosas, da UMinho. As conferências plenárias vão ser dinamizadas por Ben Jackson, da Universidade of Oxford (sexta-feira, 14h), sob moderação do ex-ministro Augusto Santos Silva, e Jonathan White, da London School of Economics (sábado, 9h), sob o título “Left and Right in the Economic Crisis”. Os restantes oradores vêm de Portugal, Espanha, França, Bélgica, Áustria, Hungria, Sérvia, Reino Unido, Finlândia, Rússia, EUA, Canadá, Brasil e Japão.

“Grande parte da vida política centra-se à volta da dicotomia Esquerda/Direita, mas o seu conteúdo é mais profundo, basta ver na antropologia, religião, filosofia… Começou a usar-se esta distinção na política desde a Revolução Francesa, em 1789, e é espantoso que passou a ser usada em todos os regimes políticos pluralistas”, explica João Cardoso Rosas, para continuar: “Esta conferência traz filósofos, historiadores, politólogos e economistas para avaliar o sentido desta dicotomia em diferentes contextos, para refletir porque é tão resistente e universal, para explicar se a distinção é meramente formal ou não”. A conferência vai ser proferida em inglês.

Programa em anexo.

Mais informações
Prof. João Cardoso Rosas – 253604191, 964484210,
rosas@ilch.uminho.pt