Oficina CEER
 16-05-2014
UMINHO E INSTITUTO DE MATÉRIA MÉDICA DE SHANGHAI ASSINAM ACORDO DE COLABORAÇÃO

Assinatura foi testemunhada pelo Presidente da República, durante a visita de Estado a decorrer na China.

A Universidade do Minho assinou um memorando de entendimento com o Instituto de Matéria Médica de Shanghai (SIMM). A parceria foi protocolada e anunciada no SIMM durante a visita de Estado do Presidente da República Portuguesa, na China.

O “SIMM - UMinho MoU” é um acordo que visa criar uma plataforma para promover a colaboração, fornecer oportunidades para a experiência global, para além de proporcionar candidaturas conjuntas a programas de investigação na União Europeia (UE) e na China. Haverá ainda oportunidade de desenvolver intercâmbio de estudantes e funcionários, entre outras sinergias.

Na assinatura dos acordos, António M. Cunha, reitor da UMinho, referiu que "a pesquisa de excelência e complementar realizada no SIMM e na UMinho, bem como o objetivo de ambas as instituições de aumentar o impacto económico dos seus projetos de desenvolvimento, abrirá uma verdadeira oportunidade para uma colaboração internacional eficaz". Por outro lado, Hualiang Jiang, diretor-geral do SIMM, disse que "o objetivo é desenvolver a colaboração de longo prazo com instituições e empresas portuguesas, esforço do qual se espera bons resultados num futuro próximo".

O Instituto de Matéria Médica de Shanghai, da Academia Chinesa de Ciências foi fundado em 1932. A sua missão é fornecer uma solução abrangente na descoberta e desenvolvimento de medicamentos. As suas principais orientações da investigação apontam para medicamentos contra doenças que põem em risco a saúde do povo chinês, como tumores, doenças cardiovasculares, doenças neurológicas, doenças metabólicas, doenças autoimunes, bem como doenças infeciosas. Outra tarefa do instituto é fortalecer a pesquisa e desenvolvimento da medicina tradicional chinesa.

Fonte: www.uminho.pt