Oficina CEER
 17-11-2014
INVESTIGADORA DA ESCOLA DE PSICOLOGIA DA UMINHO PREMIADA NOS EUA

Estudo sobre perda de peso conta com pacientes submetidos a uma cirurgia para reduzir o estômago.

Eva Conceição, investigadora da Escola de Psicologia da Universidade do Minho, venceu o “Prémio de Jovem Investigadora”, atribuído nos EUA pela Eating Disorders Research Society, uma das principais sociedades mundiais na área. O seu estudo distinguido concluiu que o petisco contínuo e a falta de controlo sobre a alimentação dificultam a perda de peso em pessoas submetidas a uma cirurgia para reduzir o estômago.

O trabalho teve como principal objetivo o acompanhamento longitudinal de 120 pacientes dos hospitais de São João e de Braga para investigar os preditores de perda de peso após uma cirurgia bariátrica para perda de peso. Os resultados mostram que há uma melhoria significativa dos comportamentos compulsivos após a cirurgia. Verifica-se também a emergência de hábitos alimentares diferentes no pós-operatório sem precedentes pré-cirúrgicos, explica a investigadora. O petisco contínuo é um dos hábitos partilhados pela maioria dos pacientes, estando relacionado com o aumento de peso a longo prazo.

“O reconhecimento mundial do trabalho desenvolvido na UMinho tem permitido estabelecer várias parcerias e procurar projetos mais arrojados que nos torna mais competitivos na captação de fundos internacionais. Este prémio reflete, assim, a qualidade do ambiente de investigação da UMinho, o que nos permite ser competitivos a nível internacional”, destaca Eva Conceição. O estudo, intitulado “Loss of control eating and picking or nibbling after bariatric surgery: a two years longitudinal study”, foi desenvolvido em colaboração com o Neuropsychiatric Research Institute (EUA), sob orientação dos professores Paulo Machado e James E. Mitchell.

A Eating Disorders Research Society é uma organização mundial e multidisciplinar formada por apenas duzentos membros e investigadores reconhecidos da área das perturbações alimentares e obesidade. O objetivo principal da associação é reunir os membros anualmente para discutir os estudos mais recentes neste âmbito.

Eva Conceição, de 32 anos, é natural de Aveiro. Licenciou-se e doutorou-se em Psicologia Clínica pela Escola de Psicologia da UMinho, sendo investigadora do Grupo de Estudos das Perturbações Alimentares e psicóloga clínica nesta instituição. Desempenha funções de cocoordenadora do Núcleo de Psicologia e Cirurgia da Obesidade e é vice-presidente do Núcleo de Doenças do Comportamento Alimentar. Já realizou diversas comunicações em congressos e publicou artigos e capítulos em revistas e livros internacionais.

Fonte: www.uminho.pt