Oficina CEER
 11-05-2017
ALUNOS DA UMINHO VENCEM PRÉMIO FERNANDO DE SOUSA

Galardão foi hoje atribuído pela Representação da Comissão Europeia em Portugal

Quatro alunos de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho venceram esta tarde a primeira edição do Prémio Fernando de Sousa, na categoria Estudante. O comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, distinguiu Pedro Costa, Tiago Ramalho, Pedro Esteves e Paulo Costa pela reportagem “O ‘bicho-papão’ não mora aqui”, sobre os processos de integração nos bairros sociais de Famalicão, publicada no jornal académico ComUM Online.

Tiago Ramalho, coautor da reportagem e diretor da publicação, sentiu-se “muito honrado” pelo prémio. “Representa o papel que o jornalismo académico pode ter na sociedade e, também, a qualidade do trabalho do ComUM Online, que é realizado por alunos da licenciatura e do mestrado em Ciências da Comunicação da UMinho”, referiu.

Esta publicação independente é um exemplo no panorama português. Recentemente, foi ainda distinguida com o prémio “Ciberjornalismo Académico” do Observatório do Ciberjornalismo, pela grande reportagem "Por onde já não navegamos", de Rui Barros e Ricardo Castro, sobre o fim de vida dos Estaleiros de Viana do Castelo.

Na cerimónia realizada no NewsMuseum, em Sintra, foi ainda laureado na mesma categoria, ex-aequo, Tomás Nogueira, da Rádio Universidade de Coimbra. O prémio é uma viagem de InterRail pela Europa, no valor de 3000 euros. A iniciativa é promovida pela Representação da Comissão Europeia em Portugal e homenageia Fernando de Sousa, um reputado jornalista português e perito em assuntos europeus.

Fonte: www.uminho.pt