Oficina CEER
 06-06-2017
CONHEÇA OS NOVOS MEMBROS DO CONSELHO GERAL DA U.PORTO

Durante o dia 1 de junho realizaram-se em todas as unidades orgânicas da Universidade do Porto as eleições dos 12 representantes dos docentes e investigadores e do único representante do pessoal não docente no Conselho Geral da U.Porto.

À eleição dos representantes dos docentes e investigadores concorreram seis listas. A Lista A – “Unidade, Pluralidade e Subsidiariedade” foi a que reuniu o maior número de votos (354), a que corresponderam a eleição de quatro mandatos, conquistados por Amandio Rocha Sousa (FMUP), Carlos Azevedo (FLUP), José Fernando Oliveira (FEUP) e Lúcia Matos (FBAUP).

Os restantes votos e mandatos ficaram distribuídos da seguinte forma: Lista B – “Renovação, Partilha e Coesão” (103 votos e um mandato: Aurora Teixeira, FEP); Lista C – “Universidade, Autonomia e Cultura Democrática” (147 votos, um mandato: Corália Vicente, ICBAS); Lista D – “Uma grande Universidade para o Futuro” (238 votos, dois mandatos: António Silva Cardoso, da FEUP, e Pedro Rodrigues, do ICBAS); Lista E – “ART – Autonomia, Renovação, Transparência” (255 votos, três mandatos: João Campos, FEUP, Artur Águas, ICBAS, e Luís Antunes, FCUP); e Lista F – “Fazer +” (155 votos, um mandato: Altamiro da Costa Pereira, FMUP).

Por sua vez, ao ato eleitoral do representante do pessoal não docente concorreram três listas, cada uma com um único membro efetivo. A lista mais votada, com 342 votos, foi a Lista C, resultando na eleição do seu membro efetivo: Vítor Silva (Reitoria). Seguiram-se-lhe a Lista B, de Teresa Martingo (FEP), com 277 votos, e a Lista A, de Alão Freitas (FMDUP), com 144 votos.

Ainda que estes resultados sejam ainda provisórios, uma vez que as listas dispõem ainda de um período de 24 horas após o apuramento da votação para efetuar qualquer reclamação, os resultados detalhados de ambas as eleições podem ser consultados nas respetivas atas eleitorais.

Recorde-se que o Conselho Geral é um dos principais órgãos de governo da Universidade, tendo entre as suas competências a eleição do Reitor e, sob proposta deste, aprovar as linhas gerais de orientação da instituição no plano científico, pedagógico, financeiro e patrimonial.

Na Universidade do Porto, o Conselho Geral é constituído por 23 membros assim distribuídos: 12 representantes dos docentes e investigadores, quatro representantes dos estudantes e um representante dos não docentes e não investigadores, aos quais se juntam seis personalidades externas à Universidade, cooptadas pelos membros eleitos.

Os representantes dos estudantes são eleitos em períodos bienais, tendo o seu último ato eleitoral ocorrido em 2016. Já os membros externos serão definidos apenas quando estes novos membros eleitos do Conselho Geral se reunirem pela primeira vez para definir a lista de personalidades a cooptar.

Fonte: noticias.up.pt