Oficina CEER
 03-10-2017
UMINHO ENSINA PORTUGUÊS A ESTRANGEIROS DE 50 PAÍSES

O BabeliUM - Centro de Línguas da Universidade do Minho ensina Português anualmente a mais de 400 pessoas provenientes de meia centena de países, como Irão, Rússia, Zimbabué, China, Venezuela, Paquistão e Nigéria. O Curso Anual de Português Língua Estrangeira (PLE) vai celebrar até maio os seus 25 anos, com um programa diversificado de 25 atividades. As comemorações arrancam esta segunda-feira, dia 2, às 10h00, no auditório do Instituto de Letras e Ciências Humanas (ILCH) do campus de Gualtar, em Braga.

A sessão de abertura prevê as intervenções da pró-reitora para a Internacionalização do Ensino, Carla Martins, do presidente do ILCH, João Cardoso Rosas, do diretor do BabeliUM, Bernhard Sylla, e do coordenador das formações de PLE e Português Língua Não Materna (PLNM), Henrique Barroso. Segue-se a atuação do Ensemble de Flautas do Departamento de Música da UMinho, sob direção de Gil Magalhães, e a aplicação do teste diagnóstico aos cerca de 100 alunos inscritos nesta 25.ª edição do Curso Anual de PLE.

Do programa de comemorações “25 Anos | 25 Atividades” constam um peddy-paper (2 de outubro, às 14h30), as tertúlias “Língua Portuguesa (e)m Braga” (26 de outubro), “Diversidade Linguística” (29 de novembro) e “O Natal Português” (4 de dezembro), uma caminhada ao Bom Jesus do Monte (23 de novembro), as aulas abertas “Expressões Idiomáticas” (23 de janeiro) e “25 de abril de 1974” (20 de abril), o colóquio “O Português na Casa do Mundo, hoje” (8 de fevereiro), um piquenique internacional (18 de maio), bem como visitas guiadas, cinema, recital de poesia e noite de fado.

Português é a quarta língua materna mais falada do mundo

Além de cursos anuais, o BabeliUM disponibiliza formações semestrais de Português nos campi de Gualtar e Azurém (Guimarães). O objetivo é dotar os inscritos de competências linguísticas e dar a conhecer vertentes importantes da cultura portuguesa, nomeadamente o património histórico, as artes e a gastronomia. Os participantes são avaliados de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas, sendo-lhes atribuído um certificado comprovativo da assiduidade e dos níveis atingidos. Os cursos de PLE são promovidos como forma de concretizar a política de integração dos estudantes estrangeiros que frequentam cursos de graduação e pós-graduação na UMinho. “A área do PLE/PLNM continua o seu percurso de consolidação e expansão que encontra justificação no crescimento da própria Universidade e na sua estratégia de internacionalização, bem como no valor intrínseco deste idioma global que conta com mais de 260 milhões de falantes nativos, classificando-se, assim, como a quarta língua materna mais falada do mundo”, realça o coordenador Henrique Barroso. O site oficial do BabeliUM é www.babelium.ilch.uminho.pt.

Fonte: www.uminho.pt