Oficina CEER
 17-12-2018
EDP FINANCIA CÁTEDRA EM BIODIVERSIDADE DA U.PORTO

A Universidade do Porto, a EDP e a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) acabam de formalizar uma colaboração no âmbito da Cátedra EDP Biodiversidade, gerida pelo Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO-InBIO). Com uma duração de dois anos, o trabalho de investigação tem como objetivo aumentar a eficácia e identificar novas técnicas eficientes para a monitorização biológica.

Considerando o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável #15 (Proteção da Vida na Terra), das Nações Unidas, a Cátedra EDP Biodiversidade vem reforçar a importância dos contributos da ciência para desenvolver metodologias capazes de melhorar a monitorização da qualidade dos habitats e promover soluções mais ágeis e viáveis de conservação dos ecossistemas.

No âmbito da estratégia de sustentabilidade do grupo EDP, a Cátedra EDP Biodiversidade será co-financiada em 75% dos até 160.000 euros anuais que vão apoiar o projeto de investigação entre 2018 e 2020. O grupo de investigação dedicado à ecologia aplicada (ApplEcol) e liderado pelo investigador Pedro Beja do CIBIO-InBIO, vai estudar a aplicação das novas tecnologias ligadas à genómica ambiental, uma área de conhecimento ainda emergente e que faz uso do DNA recolhido ao ambiente (DNA ambiental ou eDNA – Environmental DNA).

Dedicada à gestão de impactos ambientais e conservação da biodiversidade, a investigação centrar-se-á em zonas de albufeiras e cursos de água, nomeadamente os associados aos empreendimentos e atividades da EDP. Entre os principais temas estão a caracterização de comunidades de peixes e a deteção de espécies invasoras em albufeiras de empreendimentos hidroelétricos, bem como a monitorização da qualidade dos cursos de água com recursos às técnicas de eDNA. O objetivo final é desenvolver novas técnicas custo-eficientes para monitorização biológica, gerando ao mesmo tempo informação relevante que auxilie na resolução de problemas da gestão ambiental.

No âmbito da colaboração entre a U.Porto e a EDP, nos próximos dias 18 e 19 de dezembro, terça e quarta-feira, o CIBIO-InBIO promove um encontro internacional sobre a implementação, em Portugal, das técnicas de eDNA para monitorização ambiental da água.

Fonte: duvi.uvigo.es