Oficina CEER
 14-07-2008
Universidade do Minho e Industria Ceramica desenvolvem projecto Solar Tiles

O Projecto Solar Tiles, projecto inovador de I&DT a nível mundial - a ser desenvolvido por um consórcio de 9 entidades nacionais, e que concorre ao QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional), foi apresentado no passado dia 9 de Julho, pelas 17h00, nas instalações da Revigrés (Águeda).

A Universidade do Minho é uma das entidades promotoras deste projecto sendo o Professor Vasco Teixeira do Centro de Física da UM responsável pela equipa de investigação na Universidade do Minho. A investigação envolvida na UM na área de nanomateriais, revestimentos funcionais e nanotecnologias aplicadas a sistemas eficientes de energia permitirá desenvolver camadas cerâmicas funcionais para aplicações de energia solar fotovoltaica envolvendo integração arquitectónica e eco-design.

O Projecto Solar Tiles - Desenvolvimento de Sistemas Solares Fotovoltaicos em Coberturas e Revestimentos Cerâmicos tem, em termos práticos, a mesma finalidade dos tradicionais painéis solares, ou seja, aproveita a energia solar para produção de electricidade.

Através de um filme que é depositado nos revestimentos cerâmicos, consegue-se captar a energia emitida pelo sol, armazená-la e transformá-la em energia eléctrica. Tal tem como base uma tecnologia extremamente sofisticada, desenvolvida à escala laboratorial e, por isso, com um custo de investimento muito elevado, o que justificou o recurso ao apoio do QREN.

Tecnicamente, consiste no desenvolvimento de protótipos funcionais de produtos cerâmicos fotovoltaicos integrados, de elevada eficiência, para o revestimento de edifícios (telhas e revestimentos exteriores de fachada) que incorporem filmes finos fotovoltaicos (da última geração). Pretende-se que os protótipos a desenvolver se caracterizem por uma elevada qualidade estética e desempenho técnico.