Oficina CEER
 02-05-2019
UTAD: PROTOCOLOS COM EMPRESAS TECNOLÓGICAS VÃO CRIAR UMA CENTENA DE EMPREGOS

A UTAD assinou recentemente protocolos com quatro empresas tecnológicas que irão criar mais de uma centena de empregos na região, nos próximos anos. São estas as empresas Arquiconsult, ISOBAR Portugal, World IT, ficarão sediadas no campus universitário, e a Critical Software, que já está instalada no Régia Douro-Park, em Vila Real. Numa primeira fase, estas empresas vão criar cerca de 25 novos empregos, maioritariamente para licenciados, e visam a “captação de talentos” formados na UTAD.

Os acordos foram assinados no âmbito do projeto INOV@UTAD, têm a duração de dois anos renováveis, e são empresas maioritariamente na área das tecnologias da informação que pretendem uma ligação próxima ao ambiente universitário e ao conhecimento aí desenvolvido, para instalarem equipas em novos projetos.

Esta oportunidade surgiu no decurso da nova estratégia delineada para a Incubadora da UTAD, no âmbito da qual foi fixado o objetivo de aproximar a criação de emprego qualificado em proximidade à formação graduada e pós-graduada oferecida pela Universidade. Neste sentido, a instalação de empresas no campus mostra que as universidades podem ser os “novos aceleradores económicos”, sendo ainda, e também, uma forma de “fixar talento no Interior”, salientou Emídio Gomes, vice-reitor da UTAD.

Os protocolos incluem também cláusulas de atribuição de prémios de mérito e bolsas de estudo a estudantes da UTAD, estágios académicos, realização de seminários, conferências, colóquios e outros eventos de partilha de conhecimento e ainda desenvolvimento de projetos pedagógicos, científicos e culturais.

Segundo Fontainhas Fernandes, Reitor da UTAD, esta estratégia de atração de empresas para o campus reforça a estratégia delineada e permite também “dinâmicas próprias de um campus inovador, inteligente, aberto e criativo”, conclui.

Fonte: www.utad.pt