Oficina CEER
 16-09-2020
YES MEETING PÕE JOVENS INVESTIGADORES EM CONTACTO COM “ÓSCARES” DA CIÊNCIA

A Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) vai ser o “palco digital” da 15.ª edição do YES Meeting, um congresso universitário nas áreas biomédicas organizado por estudantes da FMUP, que reúne este ano mais de 650 participantes internacionais. Ao longo de quatro dias, os jovens investigadores vão ter a oportunidade de aprender com renomeados cientistas, incluindo um Prémio Nobel.

A versão reinventada daquele que é o mais antigo congresso do género, em Portugal, acontece de 17 a 20 de setembro, com participantes oriundos de 39 países.

A decorrer pela primeira vez em formato digital, a edição deste ano irá contar com um leque de 20 cientistas dos Estados Unidos, Espanha, Reino Unido, entre outros. À distância, os especialistas vão participar em 10 sessões científicas alusivas a temas como as Neurociências, a Biotecnologia ou a Medicina Interna.

Entre os muitos convidados que vão “passar” pelo palco do YES Meeting 2020 destaca-se o nome do bioquímico britânico Sir Gregory Winter, o Nobel da Química em 2018, que “será seguramente uma das sessões mais aguardadas”, adianta Maria Manuel Iglésias, estudante da FMUP e presidente da comissão organizadora do evento.

Gregory Winter foi o responsável por desenvolver um método para produzir anticorpos que conseguem neutralizar toxinas, combater doenças autoimunes e tratar o cancro metastático.

“Complementar a formação”
A par das referidas palestras, o programa do YES Meeting 2020 vai contar com uma competição científica – em que 154 universitários vão apresentar trabalhos de investigação e habilitar-se a um total de sete mil euros em prémios de incentivo – e uma competição clínica sobre a especialidade de Urologia.

Durante o congresso, os participantes vão ter também a oportunidade de participar num speed meeting com os cientistas, de assistir a um total de 18 workshops e de experienciar um programa cultural, tudo para acompanhar através das plataformas digitais.

“No fundo, o YES Meeting complementa a nossa formação, permitindo a aquisição de competências essenciais para uma prática médica de excelência. Este ano, mais do que nunca, a equipa soube adaptar-se e mostrou que os estudantes conseguem fazer a diferença”, conclui Maria Iglésias, atualmente no último ano do Mestrado Integrado em Medicina.

Por uma causa solidária
Inteiramente organizado por estudantes da FMUP, o evento vai associar-se a uma iniciativa solidária, através do projeto YESHARE. Assim, por cada valor de inscrição dos 658 participantes no congresso, a organização irá doar 3 euros que revertem para o Banco Alimentar do Porto.

A 15.ª edição do YES Meeting arranca na próxima quinta-feira com a tradicional sessão solene de abertura. O momento contará com a presença de António de Sousa Pereira, Reitor da U.Porto, Altamiro da Costa Pereira, diretor da FMUP, e Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos.

Fonte: noticias.up.pt