Oficina CEER
 01-06-2009
Protocolo com Harvard: um terço das instituições são da U.Porto

A Faculdade de Medicina da U.Porto, o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, o Instituto de Biologia Molecular e Celular da U.Porto, e o Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto são quatro das 12 instituições parceiras do protocolo assinado entre o Estado Português e a Universidade de Harvard, através da Harvard Medical School.

Esta parceria internacional tem por objectivos fundamentais: "fomentar a investigação clínica e de translação com impacto sobre a educação da medicina e da prática médica especializada, assim como modernizar e melhorar a qualidade da educação médica em relação às melhores práticas internacionais, promovendo a divulgação de conteúdos médicos e a transferência de conhecimentos de saúde e investigação biomédica para estudantes de medicina, profissionais de saúde e para a população em geral.

Para um orçamento de cerca de 42 milhões de euros, para os próximos seis anos, a estratégia de cooperação inclui as seguintes linhas de acção, como especificadas em http://www.hmsportugal.org/

Um programa de investigação para fortalecer a capacidade de produzir nova investigação clínica e de translação e conhecimentos clínicos com impacto na formação médica especializada e na prática clínica, com o objectivo de apoiar projectos de cariz inovador, orientados para a área da patologia humana. Neste contexto serão abertos concursos anuais para a selecção de cerca de 12 novos projectos de investigação clínica e de translação nos próximos cinco anos. Um programa de pós-graduações em Medicina, incluindo bolsas Júnior e Sénior de Investigação Clínica para estimular o desenvolvimento da carreira de investigação para médicos. Neste contexto serão abertos concursos anuais para a selecção de cerca de 14 médicos para este programa nos próximos 5 anos.

Um programa para estimular a produção e publicação de informação médica para o público em geral, e distribuir materiais pedagógicos junto de estudantes de Medicina e de profissionais do sector. Neste contexto serão abertos concursos anuais para a selecção de cerca de 15 novos projectos de produção e publicação de informação médica nos próximos cinco anos.

A cerimónia de lançamento do programa aconteceu no dia 21 de Maio e contou com a presença do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago, da Ministra da Saúde, Ana Jorge, e dos Directores de todas as Faculdades de Medicina portuguesas e os Laboratórios Associados desta área, assim como dos Directores Associados da Harvard Medical School David Golan e Rick Mills, e dos Co-Directores do Programa em Harvard, Tom Kirchhausen e Anthony Komaroff. AS / REIT