Oficina CEER
 09-06-2009
U.Porto distingue José Carreras com Doutoramento Honoris Causa

Universidade do Porto vai atribuir o grau de Doutor Honoris Causa ao tenor José Carreras no próximo dia 23 de Junho, numa cerimónia a decorrer na Aula Magna da Faculdade de Medicina (FMUP) a partir das 11h30.

A atribuição do grau de Doutor Honoris Causa pela Universidade do Porto pretende distinguir a notável obra de José Carreras no campo da beneficência, apoio à Ciência e contributo para a Medicina através da sua fundação.

Criada em 1988, após o tenor ter conseguido vencer a leucemia que lhe havia sido diagnosticada um ano antes, a Fundação Internacional José Carreras para a Luta contra a Leucemia tem como principal propósito contribuir para a descoberta de uma cura para a doença.

Por isso, para além de prestar apoio social aos doentes e às famílias e disponibilizar uma base de dados internacional de dadores de medula óssea e de sangue do cordão umbilical, a Fundação dedica a maior parte da sua atenção e dos seus fundos ao financiamento directo à investigação científica, tendo já distribuído mais de 7 milhões de euros a cerca de 150 projectos de investigação em todo o mundo.

Na proposta de atribuição deste título honorífico, subscrita por todos os professores catedráticos desta Faculdade, José Agostinho Marques, director da FMUP, afirma ver �na personalidade de José Carreras um exemplo ímpar para apresentar à comunidade académica�.

Um exemplo que foi já reconhecido com o grau de Doutor Honoris Causa por 12 universidades de 10 países diferentes, incluindo os Estados Unidos da América, o Reino Unido, Alemanha, Espanha e Portugal (Universidade de Coimbra, em 2003).

José Carreras será a 73.ª personalidade a ser distinguida com o grau de Doutor Honoris Causa da Universidade do Porto. Manuel Barbosa, director do Instituto de Anatomia J. A. Pires de Lima e decano da FMUP, será o padrinho do doutorando e Henrique de Barros, director do Serviço de Higiene e Epidemiologia da FMUP e Coordenador Nacional Contra o VIH-Sida, estará encarregue de fazer o elogio de José Carreras. O Mestre-de-cerimónias será o Secretário da FMUP, Manuel Sobral Torres.